Libido da mulher pode aumentar na gravidez?

Libido da mulher pode aumentar na gravidez?

Ao longo dos nove meses de gestação, a mulher passa por um turbilhão de mudanças físicas e, principalmente, hormonais.  O crescimento do feto no interior do útero da mãe altera de maneira evidente a silhueta da gestante e, também, os seios, que começam a ficar mais inchados devido à produção de leite.

É normal que o período gestacional venha acompanhado de diversas dúvidas, e uma das principais é o sexo durante a gravidez. Apesar de muitas pessoas pensarem o contrário, a libido pode aumentar nesta fase.

A gravidez é dividida em três períodos, o primeiro, o segundo e o terceiro trimestre. Logo no início da gestação,  aparecem  os desconfortos,  como náuseas, sono, fragilidade emocional e medo de aborto, isso pode diminuir o interesse pelas relações sexuais. Já no segundo trimestre, o desejo sexual pode aumentar. É consequência da própria sensualidade feminina, que fica evidenciada pelas novas formas. O corpo fica mais sinuoso e os seios mais volumosos.

Desejo sexual na gravidez
A libido durante a gravidez é uma questão que preocupa muitas as futuras mamães. É normal sofrer oscilações significativas do desejo sexual durante a gestação em função das suas condições físicas e psicológicas.  Mas a gravidez pode, também, em algumas mulheres, exercer um efeito maravilhoso na libido e que precisa ser encarado com naturalidade.

Contudo, na fase final da gravidez, a atividade sexual pode ficar menos frequente devido ao crescimento da barriga e a dificuldade em encontrar posições confortáveis. O mito e o medo de que o sexo incomode o bebê também atrapalham.

Ainda não tem plano?

Preencha os campos e receba uma proposta sem compromisso.

Notícias