Evite problemas respiratórios com as fogueiras juninas

Evite problemas respiratórios com as fogueiras juninas

As grandes fogueiras que iluminam as festas juninas são um dos grandes atrativos dos festejos e fazem a alegria de crianças e adultos. À beira da fogueira, os milhos são assados e os fogos de artifício acessos, embelezando as noites juninas. No entanto, é preciso ter cuidado com a saúde ao estar próximo deles.

Fumaça
É um misto de gases nocivos à saúde. Mesmo em curto período de tempo, inalar fumaça pode causar efeitos imediatos,como a irritação dos olhos, nariz e garganta. Dependendo do que esteja sendo queimado, da distância em que a pessoa esteja e do tempo de inalação pode desencadear alergias como asma, rinite ou até mesmo um quadro de intoxicação. Tudo isso se desencadeia dos gases tóxicos, como o monóxido de carbono (CO) e o cianeto, que são liberados nesse processo.

Cuidados
As pessoas que já sofrem de complicações alérgicas tendem a ter mais facilidade em adquirir novos problemas respiratórios. Por isso, devem evitar o contato com fogueiras, fogos de artifícios e outros tipos de fumaça. Para elas, seguro é ficar bem longe dessa emissão de gases. Assim como, as crianças e os idosos merecem atenção especial, pois ambos são suscetíveis a terem alergias respiratórias ou alguma infecção viral.

Primeiros Socorros
Em caso de intoxicação, é necessário encaminhar a pessoa imediatamente ao hospital para que ela possa receber oxigênio. Inalar o monóxido de carbono diminui o suprimento de oxigênio do corpo. Assim, pode causar dores de cabeça, reduzir o estado de alerta e agravar uma condição cardíaca conhecida como angina (dor no peito decorrente da doença cardíaca isquêmica).  Caso ainda não haja atendimento médico, é primordial levá-lo a um local aberto e arejado, longe da fonte dos gases.

Ainda não tem plano?

Preencha os campos e receba uma proposta sem compromisso.

Notícias