Tristeza nas festas de fim de ano é comum?

Tristeza nas festas de fim de ano é comum?

Muitas pessoas começam a fazer um balanço da vida em dezembro, mês das festas de Natal e Ano Novo. Elas costumam analisar o trabalho, as conquistas, os planos que se realizaram ou não, a família, a saúde e as relações. Por isso, não é incomum que um sentimento de tristeza ou de pesar surja nesse período.

É importante ressaltar que sentimentos como alegria, euforia, agitação, não podem ser sentimentos impostos a todos. A melancolia, a raiva e a solidão são comuns nessas datas, e o sentimento de tristeza, muitas vezes, se torna evidente.

Para muitos, a tristeza, nesse período, faz parte do processo de fechamento de um ciclo e não quer dizer, necessariamente, que a pessoa esteja com um quadro de depressão. Pelo contrário, é um período de esvaziamento para iniciar uma nova etapa, deixando para trás as frustrações que podem ter marcado o ano que se passou.

Saber lidar

De uma forma geral, a tristeza, a melancolia, a raiva ou a frustração não configuram um quadro depressivo. Além do que, esses sentimentos podem fornecer subsídios importantes para as mudanças, por isso podem ser encarados de uma forma positiva.

O mais importante é entender que esse balanço pode trazer uma reflexão benéfica e bastante proveitosa do que pode ser um ponto de mudança e de recomeço para o novo ano. Esperança e pensamento positivo são os elementos fundamentais dessa análise.

Ainda não tem plano?

Preencha os campos e receba uma proposta sem compromisso.

Notícias