Vacinação previne crianças e adultos de doenças

Vacinação previne crianças e adultos de doenças

A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças. Elas protegem o corpo humano contra vírus e bactérias que provocam doenças graves, que afetam seriamente a saúde.

Uma vez que se toma a vacina, o corpo é estimulado a se defender contra os microorganismos patogênicos (vírus e bactérias) que provocam doenças. Elas podem ser aplicadas por meio de injeção ou por via oral (pela boca). Quando a pessoa é vacinada, o corpo detecta a substância da vacina e produz uma defesa, adquirindo assim a imunidade, que permanece no organismo e evita que a doença se manifeste no futuro.

Conheça as vacinas e suas funções:

BCG-ID

É necessária somente uma dose da vacina, no entanto, recomenda-se uma segunda dose, se após 6 meses, não tiver a cicatriz característica dessa vacina no local da aplicação (braço direito).

Os efeitos adversos:

•  Ulcera com diâmetro maior que 1cm;
•  Abscesso subcutâneo;
•  Cicatriz quelóide.

Benefícios:

Protege contra as formas graves da tuberculose pulmonar, doença contagiosa produzida por bactéria que atinge principalmente os pulmões e que, se não tratada, pode provocar sérios problemas respiratórios, emagrecimento, fraqueza e até levar à morte.

A tuberculose é transmitida de pessoa a pessoa pelo ar, por meio de tosse, espirro ou fala. Os principais sintomas são febre ao fim do dia, tosse produtiva por mais de 15 dias, fraqueza, cansaço e perda de peso.

Pentavalente

É conhecida como Pentavalente brasileira, que faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e deve ser incorporada aos 2, 4 e 6 meses de vida. Dessa forma, os lactentes que fizerem uso dessa vacina recebem quatro doses da vacina hepatite B.

A Pentavalente protege contradifteria, tétano, coqueluche (DTP), meningite causada por Haemopilhus (Hib) e hepatite B (HB).

Efeitos adversos:

• Dor, rubor, edema e endurecimento no local;

• Febre;

• Choro anormal;

• Irritabilidade;

• Sonolência;

• Vômitos;

• Diarreias.

Saiba mais informações sobre as doenças combatidas pela Pentavalente

Difteria

É causada por um bacilo produtor de uma toxina - substância tóxica, que atinge as amídalas, a faringe, o nariz e a pele onde provoca placas branco-acinzentadas. É transmitida, por meio de tosse ou espirro, de uma pessoa contaminada para outra.

Tétano

É uma infecção causada por uma toxina (substância tóxica) produzida pelo bacilo tetânico, que entra no organismo por meio de ferimentos ou lesões na pele (tétano acidental) ou pelo coto do cordão umbilical (tétano neonatal ou mal dos sete dias) e atinge o sistema nervoso central.

Caracteriza-se por contrações e espasmos, dificuldade em engolir e rigidez no pescoço.

Coqueluche

Também conhecida como tosse comprida, é uma doença infecciosa, que compromete o aparelho respiratório (traqueia e brônquios) e se caracteriza por ataques de tosse seca.

É transmitida por tosse, espirro ou fala de uma pessoa contaminada. Em crianças com menos de seis meses, apresenta-se de forma mais grave e pode levar à morte.

Haemophilus influenzae do tipo B (Hib)

É uma bactéria que causa um tipo de meningite (inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro), sinusite e pneumonia.

A doença mais grave é a meningite, que tem início súbito, com febre, dor de cabeça intensa, náusea, vômito e rigidez da nuca (pescoço duro). A meningite é uma doença grave e pode levar à morte.

Hepatite B

Proteção contra Hepatite B, doença causada por um vírus e que provoca mal-estar, febre baixa, dor de cabeça, fadiga, dor abdominal, náuseas, vômitos e rejeição a alguns alimentos. O doente fica com a pele amarelada.

A Hepatite B é grave, porque pode levar a uma infecção crônica (permanente) do fígado e, na idade adulta, levar ao câncer de fígado.

Poliomelite (VIP / VOP)

Essa vacina oferece proteção contra a poliomielite ou paralisia infantil, doença contagiosa provocada por vírus e caracterizada por paralisia súbita geralmente nas pernas.

A transmissão ocorre pelo contato com fezes de pessoas contaminadas ou através de água e alimentos contaminados. Após a aplicação da Vacina poliomielite inativada (VIP), a vacina apresenta os seguintes efeitos adversos:

• Eritema (vermelhidão) local;

• Febre moderada;

• Endurecimento local;

• Sensibilidade local aumentada ao toque manual.

Já após a aplicação da Vacina poliomielite oral (VOP), o efeito adverso é uma paralisia flácidas (flacidez muscular), principalmente nos membros inferiores.

Rotavírus Humano (Rotavírus)

A vacina oferece imunização contra o rotavírus, considerado o mais importante microorganismo patogênico causador da diarreia grave na infância, que ocorre na faixa etária entre seis meses a dois anos. Os sintomas da doença são: diarreia, vômito e febre alta.

A diarreia geralmente é profusa (em grande quantidade), que pode evoluir para a desidratação grave, caso a reidratação não seja instituída de forma precoce e adequada poderá ocorrer o óbito.

Estudos realizados demonstraram que não ocorrem efeitos adversos após a aplicação da Vacina Rotavírus.

Pneumocócica 10 (PNEUMO 10)

Protege contra doenças pneumocócicas invasivas como, pneumonias bacterêmicas, meningite, sepse e artrite e não invasivas: sinusite, otite média aguda, conjuntivite, bronquite e pneumonia.

A pneumonia é uma infecção respiratória grave, que se caracteriza por febre, tosse com catarro, e em muitos casos precisa de internação. Pode levar à morte, caso não seja tratada adequadamente.

Efeitos adversos:

• Dor, vermelhidão e endurecimento local;

• Febre;

• Mialgia;

• Cefaléia;

• Mal-estar.

Meningocócica (Meningo C)

Previne contra a meningite, doença meningocócica transmitida frequentemente pelo contato íntimo com um portador assintomático (não apresenta sintomas), um doente ou através do contato direto com secreções respiratórias.

Os principais sinais e sintomas da doença são: febre, dor de cabeça intensa, vômitos e convulsões.

Efeitos adversos da vacina:

• Dor, vermelhidão e endurecimento local;

• Febre baixa.

Influenza

Oferece proteção contra a influenza ou gripe, doença caracterizada por febre alta, calafrios, dor de cabeça, mal-estar, tosse seca e dor muscular. A doença pode gerar complicações como infecções respiratórias agudas. Estudos recentes indicam que a vacina também protege contra infarto e derrame.

É importante saber que a vacina contra gripe não protege contra resfriados comuns, causados por outros tipos de vírus e normalmente se caracterizam por sintomas mais leves, sem febre.

Efeitos adversos da vacina:

• Dor, vermelhidão, edema e nódulo local;

• Febre;

• Mialgia;

• Mal-estar.

Febre Amarela (FA)

Protege contra a febre amarela, doença infecciosa causada por um vírus transmitido por vários tipos de mosquito. O Aedes aegypti (mosquito da dengue) é um deles. Ele transmitir a doença e causa a febre amarela urbana, que desde 1942 não ocorre no Brasil.

A forma da doença que ocorre no Brasil é a febre amarela silvestre, transmitida pelos mosquitos Haemagogus e o Sabethes, em regiões fora das cidades.

A doença é caracterizada por febre repentina, calafrios, dor de cabeça, náuseas e leva a sangramento no fígado, no cérebro e nos rins.

Efeitos adversos da vacina:

• Dor, vermelhidão e endurecimento local;

• Febre;

• Dor muscular;

• Dor de cabeça.

Tetra Viral

É utilizada na prevenção de sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora). É importante saber que a vacina tem objetivo de prevenir e não de tratar essas doenças.

Sarampo

Doença muito contagiosa, causada por um vírus que provoca febre alta, tosse, coriza e manchas avermelhadas pelo corpo.

É transmitida de pessoa a pessoa por tosse, espirro ou fala especialmente em ambientes fechados. Facilita o aparecimento de doenças como a pneumonia e diarreias. Pode causar a morte, principalmente de crianças.

Rubéola

É uma doença muito contagiosa provocada por um vírus que atinge principalmente crianças e provoca febre e manchas vermelhas na pele, começando pelo rosto, couro cabeludo e pescoço, se espalhando pelo tronco, braços e pernas.

Caxumba

Doença viral, caracterizada por febre e aumento de volume de uma ou mais glândulas responsáveis pela produção de saliva na boca (parótida) e, às vezes, de glândulas que ficam sob a língua ou a mandíbula (sub-linguais e sub-mandibulares).

O maior perigo é a caxumba “descer”, isto é, causar inflamação dos testículos principalmente em homens adultos, que podem ficar sem poder ter filhos depois da infecção. Pode causar ainda inflamação dos ovários nas mulheres e meningite viral.

É transmitida pela tosse, espirro ou fala de pessoas infectadas.

Varicela

Essa vacina previne contra a varicela, doença que acomete, na maioria dos casos, menores de 15 anos. Casos da doença costumam acontecer de julho a novembro.

Efeitos adversos da vacina:

• Dor, vermelhidão e vesícula no local;

• Febre;

• Erupção na pele semelhante ao sarampo;

• Pode aparecer uma forma modificada da varicela com intensidade diminuída.

Hepatite A

Previne contra a hepatite A, doença que possui os seguintes sintomas: febre, de início abrupto, mal estar, anorexia, náuseas, desconforto abdominal, coloração amarelada da pele e urina escura (aspecto na cor de coca-cola).

Efeitos adversos da vacina:

• Dor, vermelhidão e edema local;

• Febre;

• Fadiga.

Ainda não tem plano?

Preencha os campos e receba uma proposta sem compromisso.

Notícias